• Lyncon

Como aplicar marketing sensorial em pontos comerciais físicos?

Quando vamos ao cinema, não são apenas os filmes em cartaz que nos atraem: aquele cheirinho de pipoca parece que nos puxa para dentro da sala. Ou até gostamos de outro fast-food, mas sabemos que a batata do McDonald’s é incomparável. Essas atrações despertadas por sensações, para quem não sabe, são bastante usadas em campanhas. Esse método é conhecido como marketing sensorial.

O que é marketing sensorial


Como o próprio nome sugere, marketing sensorial é a exploração dos sentidos - audição, olfato, visão, paladar e tato - como estratégia de posicionamento, com a capacidade de trabalhar todo potencial mental do consumidor.


Essa estratégia de vendas do varejo consegue se comunicar com o cliente para além de frases clichês e slogans prontos. Ela é a forma mais clara e natural para transmitir a mensagem do seu departamento de marketing.


Ao explorar os sentidos, a sua marca elevará o nível do status do seu negócio e o colocará em vantagem sobre a concorrência.


Qualquer campanha em que se utilize um marketing sensorial simples, mas bem aplicado, causará um impacto possível para o varejo, o ajudando a aumentar as vendas. E por que isso? Porque tal estratégia trabalha com o humor dos clientes. Consumidor feliz sempre retorna, não é mesmo?

Como aplicar no varejo?


Bem, agora que você entendeu o que é o marketing sensorial, listamos alguns modos de como aplicá-lo no varejo para criar experiências extremamente significativas e, dessa maneira, cativar cada vez mais os clientes. Confira:

Crie experiência com o tato


O marketing sensorial do tato provavelmente é um dos mais complicados de realizar, uma vez que o próprio tato é o sentido mais difícil para se criar prazer em uma pessoa. Dito isso, é super importante criar uma interação com o cliente que seja completa e bastante satisfatória.


Invista bem na qualidade dos seus produtos, das suas embalagens e de sua textura. Os consumidores precisam ter uma experiência positiva para que, assim, eles associem sua marca a momentos de puro prazer.

Não deixe a emoção de lado


Essa é uma dica óbvia, mas que nunca é demais ressaltar. É um tópico essencial para o desenvolvimento e o sucesso do marketing sensorial. Seu cliente precisa ser cativado emocionalmente.


Ele possui desejos, gostos, medos… Se a sua marca conseguir alcançar todos, ou mesmo alguns, destes anseios, ela está muito, mas muito próxima de convencê-lo que ele tem uma necessidade e os produtos da sua loja podem supri-la .


Agora que você entendeu o que é marketing sensorial e recebeu duas dicas de como aplicá-lo, aqui vai uma última ajuda: pesquise bastante e use a inteligência comercial para evitar erros, como estimular o sentido errado (para o qual você não preparou sua campanha).


5 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo